Quem tem um parque de impressões o gerenciamento de um software de bilhetagem, sabe que nem sempre é fácil ter controle sobre os custos. Além do valor de cada impressão, é preciso somar nesse cálculo a energia elétrica consumida, o valor do papel, da tinta, dos funcionários remanejados para o setor, entre muitos outros – que podem acabar prejudicando o lucro da sua empresa.

Deve-se entender por custos de impressão o gasto total em gerenciar e otimizar as impressoras, a produção, energia e as pessoas, além de todos os processos envolvidos. Se colocarmos na ponta do lápis, as despesas vão além dos gastos com eletricidade e toners.

Veja na prática quais seriam os custos físicos envolvidos:

  • Gastos com papel utilizado para a impressão.
  • Impressoras de mesa de escritório, multifuncionais, copiadoras, scanners, aparelhos de fax e impressoras de alto volume.
  • Materiais enviados para impressão rápida, offset, mailing e distribuição.
  • Suporte de TI, assistência técnica, manutenção de impressão. Compra de novas impressoras, custos em locomover e/ou remover uma impressora e afins.
  • Despesas com papel, tinta, toner e outros produtos.

Gastos excessivos como esses podem ser controlados com softwares de bilhetagem oferecidos pela Digital Jundiaí.

Solicite uma visita de um dos nossos consultores.